TRANSFORMAÇÃO QUE SE VÊ NA RUA

Quem passar pela rua Nair de Paula Koehler, em Bairro República, Vitória, vai ter uma bela surpresa. Isso porque as casas da região passaram por uma grande transformação e agora, com suas cores e formas, o local está cheio de vida.

A ideia veio dos sócios Emilio Farfan e Ivan Di Cesare, do restaurante argentino La Dolina, e consistia em revitalizar a rua, trazendo um pouco de sua cultura para cá e fortalecendo os laços com os moradores da região. Para isso, seria desenvolvido um projeto para que as casas da rua ganhassem cores e formas, e o resultado se assemelhasse ao Caminito, famosa rua e ponto turístico de Buenos Aires, na Argentina.

Foram realizadas oficinas para os moradores junto com a Cidade Quintal, em que eles tiveram voz ativa, participando do planejamento e da escolha de cores. A Intercores foi convidada a fazer parte da ação e entrou com materiais, além do suporte e dedicação de seus colaboradores.

Assim, o projeto foi realizado em conjunto, com a união do La Dolina, a Intercores, a Cidade Quintal e os moradores. Segundo Bruno Mateus, da Intercores, o mais interessante não foi somente o caráter estético, mas como a pintura se tornou uma ferramenta de transformação e integração da vizinhança.

Os moradores literalmente abriram suas portas para a ação e colocaram a mão na massa. Jovens, adultos, idosos e crianças compartilharam as paredes, unindo-se para levar mais cor às casas da rua. O propósito de estreitar laços foi cumprido, segundo relata Emilinha, residente de uma das casas do projeto: “O colorido da nossa rua carrega a bandeira da amizade”.

Ao final do projeto, o La Dolina recebeu os moradores e parceiros para uma integração e comemoração de um excelente trabalho em equipe. O resultado agradou moradores e encantou as crianças, e agora o movimento e a energia na rua são outros.

Para nós, da Intercores, ações como essa são importantíssimas para a cidade, e promovem de forma natural a gentileza, o senso de comunidade e o bom relacionamento entre todos. Além disso, é mais uma prova de que, juntas, as pessoas podem gerar grandes e positivas transformações.

 

Assista ao vídeo e confira como foi o projeto:

Veja também as fotos: